PUBLICIDADE
Topo

Sobre as Águas

PalmaVela regressa em maio na Espanha

Antonio Alonso

12/01/2022 14h42

A regata PalmaVela, tradicional competição de vela oceânica espanhola, será disputada de 4 a 8 de maio de 2022. A 18ª edição do evento do Real Clube Náutico de Palma terá antes a chamada prova La Larga, com 350 milhas entre Palma-Ibiza e Formentera-Isla del Aire-Palma, e a segunda de cerca de 225 milhas entre Palma-Dragonera-Ibiza e Formentera-Cabrera-Palma.

Depois, os veleiros participam das regatas nas Ilhas Baleares.

As inscrições já estão abertas para as classes IMA/Maxi, Wally, J Class, SYC, Box Rule, IRC, ORC, ORC A2. CS50, S45, CS42, CS36, J80, J70, Dragon, Flying Fifteen, Epoch, Classics e Spirit of Tradition.

A primeira prova da baía de Palma será na quinta-feira, 5 de maio, e serão quatro dias de regata que terminarão no domingo, dia 8, com a entrega de prêmios aos vencedores de ambas as nomeações.

O período de inscrição para ambas as provas já começou e vai até 29 de março, sendo 28 de fevereiro o último dia para beneficiar de uma redução nas taxas de inscrição.

A regata PalmaVela é organizada pelo Real Club Náutico de Palma (RCNP), com a aprovação da Real Federação Espanhola de Vela (RFEV) e o patrocínio institucional do Governo das Ilhas Baleares e da Câmara Municipal de Palma, com a colaboração de a Federação de Vela das Baleares, o S'Arenal Yacht Club e a Autoridade Portuária das Baleares.

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas