PUBLICIDADE
Topo

Sobre as Águas

ORC volta à Rolex Big Boat Series 2022

Antonio Alonso

05/01/2022 16h09

A regata Rolex Big Boat Series provavelmente contará com três divisões da classe ORC, além de várias classes de design único, no evento marcado para de setembro, no St. Francis Yacht Club, em San Francisco, EUA.

A Offshore Racing Congress (ORC) substitui a regra da Offshore Rating Rule (ORR), que estava desde 2014, para a próxima edição.

Serão quatro dias de prova na Costa Oeste. "A declaração de missão do St. Francis Yacht Club é servir como o centro inspirador das atividades náuticas regionalmente e um líder da vela internacional".

"A adoção da regra de classificação ORC, que se tornou a regra de classificação dominante internacionalmente, reflete nosso compromisso com a liderança no esporte e vela na Costa Oeste", disse William H. Dana, Comodoro do St. Francis Yacht Club.

Por mais de 50 anos, A Offshore Racing Congress gerenciou e desenvolveu os sistemas de classificação IOR, IMS e agora ORC usados ​​em regatas costeiras e offshore em todo o mundo.

Globalmente, é o sistema medição mais popular, com mais de 10.000 certificados emitidos em 45 países.

No Brasil, a ORC é considerada a principal da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

A divisão dos Clássicos para veleiros construídos antes de 1955 e com mais de 48 pés de comprimento, continuará a competir com os certificados de classificação ORR-EZ.

O St. Francis Yacht Club também vai empregar a regra ORC ao pontuar outras regatas de handicap em seu calendário de regatas de 2022, incluindo a Stone Cup (21 a 22 de maio) e a Phyllis Kleinman Swiftsure Regatta (de 19 a 21 de agosto).

Realizada desde 1964 e considerada a regata de maior prestígio da costa oeste dos Estados Unidos, a Rolex Big Boat Series atrai competidores de vários países.

Por Flávio Perez

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas