PUBLICIDADE
Topo

Sobre as Águas

Torneio por Equipes da Semana de Vela de Ilhabela tem vitoria caseira

Antonio Alonso

02/08/2021 18h47

As competições paralelas ajudaram a apimentar a 48ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela. Já consolidada no calendário, o Torneio por Equipes premiou neste sábado (31) o time Caiçaras, trio formado por Xamã / Matrix Energia (ORC), Zeus (RGS) e Nautilus (Bico de Proa). Eles levaram para casa o troféu transitório Pen Duick II, homenagem ao veleiro do francês Eric Tabarly, vencedor da regata em solitário transatlântica Ostar, em 1964.

Em sua sétima edição, o Torneio por Equipes colocou em disputa barcos representando clubes, associações ou cidades reunidos em times para brigar pelo troféu, nas classes ORC, RGS e Bico de Proa, com um barco de cada. Os barcos somaram pontos em todas as regatas realizadas até esta sexta-feira (30).

Um dos membros da equipe campeã, o estreante Xamã/Matrix Energia foi também o vencedor na categoria Gold A e terceiro geral da ORC na Semana de Vela de Ilhabela.

Para o velejador Marcelo Massa, do Xamã, a disputa na classe teve um alto nível técnico, com barcos modernos como o novo Phoenix e equipes muito bem treinadas, caso do campeão geral +Bravíssimo e do Rudá.

"A avaliação final é muito boa. Começamos a velejar com este barco recentemente, e conforme velejamos vamos entendendo como tirar a melhor performance dele. Também estamos formando a tripulação. Tivemos alguns dias muito bem velejados, outros nem tanto. Saímos com um gostinho de quero mais, mas bastante satisfeitos com o que conquistamos", analisou Marcelo Massa.

"Vamos voltar no ano que vem com mais força para buscar o título geral. E esperamos que, com o fim da pandemia, a competição atraia mais barcos para tornar a disputa ainda mais competitiva."

Bicampeão da Semana de Vela de Ilhabela na classe RGS, o comandante do Zeus destacou a interação entre os participantes como maior trunfo do Torneio por Equipes. "É um incentivo a mais".

"Nós participamos mais com base na amizade, na resenha que vamos fazer no final. O torneio é bastante interessante para desenvolver mais essa amizade e a troca de experiência entre os velejadores", apontou Paulo Fernando de Moura, do Zeus.

A equipe Santos / Ilhabela (Rudá / Beleza Pura 2 / Cambada 1) foi a segunda colocada, e a BL3 / Alforria (Lucky/Alforria / Bl3 Urca / BL3 Mangalô) fechou o pódio.

Foto: Caio Souza | On Board

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas