PUBLICIDADE
Topo

Sobre as Águas

Martine e Kahena começam a subir

Antonio Alonso

30/07/2021 18h09

A Equipe Brasileira de Vela segue com chances de medalhas e finais nas regatas de Tóquio 2020.

© Sailing Energy / World Sailing

A maior probabilidade segue com as atuais campeãs da 49erFx, Marine Grael e Kahena Kunze, que entram para mais um dia de disputas na terceira colocação, com apenas seis pontos da liderança.

A dupla se mantém entre as primeiras colocadas desde o início das competições em Enoshima e as provas desde sábado (31) são as últimas até a medal race, marcada para a segunda-feira (2).

Os resultados da madrugada desta sexta-feira (30) foram positivos para as brasileiras, que começaram com uma vitória em condições de vento fraco. Nas outras duas provas do dia, Marine e Kahena em sexto e 11º.

O cenário na 49erFX em Tóquio 2020 está bem parecido com o que ocorreu nos Jogos Rio 2016, na Marina da Glória.

Na regata final, quatro duplas tinham chances de pódio, mas as brasileiras passaram as adversárias no último popa e ganharam a regata, que tinha peso dobrado, e levaram a única medalha da vela brasileira nos Jogos.

"Capacidade elas têm de sobra e ninguém jamais vai questionar. Vai se desenhando um grupo de quatro equipes que se destacaram na pontuação geral da flotilha, onde essas quatro vão brigar pelas medalhas".

"Muito parecido que foi na Rio 2016. Vamos torcer muito para que elas estejam inspiradas nessas últimas três regatas que faltam da fase classificatórias", disse Lars Grael, medalhista olímpico.

A 49erFx tem a liderança da dupla da Holanda com 41 pontos, um a mais do que as espanholas que estão em segundo. A diferença das atletas da ponta para Martine Grael e Kahena Kunze é de apenas seis pontos.

A previsão para as últimas regatas de 49erFx neste sábado é de vento fraco, assim como na véspera.

"O que se espera para Enoshima neste sábado é repetir uma condição parecida que vimos nesse último dia no Japão. Vento quadrante sul fraco. Martine e Kahena provaram capacidade de navegar muito bem nesse vento fraco da forma que venceram a primeira regata do dia. As outras duas regatas foram um pouco comprometidas por uma saída não muito boa, foram de recuperação", explicou Lars Grael, medalhista olímpico.

Resultados oficiais — https://tokyo2020.sailing.org/results-centre/

"Melhor desempenho entre os brasileiros do dia! Martine e Kahena fizeram apenas 18 pontos em 3 regatas. Foi também o melhor dia em comparação com suas adversárias diretas para a medalha. Entraram definitivamente na briga pelo pódio", explicou Hugo Mósca, diretor da CBVela.

Leia o relato completo da CBVela — https://onboardsports.net/toquio-2020-cenario-parecido-com-a-rio-2016-nas-regatas-de-49erfx/

 

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas