PUBLICIDADE
Topo

Apivia retoma a liderança

Antonio Alonso

12/07/2020 13h17

O francês Charlie Dalin, comandante do Apivia, retomou a liderança da regata Vendée-Arctique-Les Sables d'Olonne.

O velejador escolheu a estratégia de navegar mais ao lado direito nos últimos dias. A estratégia surtiu efeito neste domingo (12).

Campeão da Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre 2019, Charles Dalin tem vantagem de seis milhas náuticas para o Charal do compatriota Jérémie Beyou.

Outros barcos como o PRB de Kévin Escoffier e Initiatives-Coeur de Sam Davies seguem na briga.

O alemão Boris Herrmann no Seaexplorer-YC de Mônaco chegou a liderar após o gate mais ao norte.

Mas Boris Herrmann teve problemas no IMOCA60 no sábado (11).

"Estou feliz, de certa forma, por ter acontecido agora", disse ele em um vídeo a bordo. "Este seria o pior, o pior pesadelo da minha vida, se acontecesse durante a Vendée Globe".

A prova de qualificação e teste para a Vendée Globe é disputada no mar da Europa em solitário.

A largada em Les Sables d'OLonne, na França, foi no dia 4 de julho. Serão mais de 3.400 milhas náuticas de regata.

Os barcos IMOCA60 já passaram pelo gate da Islândia e devem fez o mesmo nos Açores.

Acompanhe a atualização da regata — http://vendeearctique.geovoile.com/2020/tracker/?lg=en

Por Flávio Perez

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas