PUBLICIDADE
Topo

Vendée-Arctique-Les Sables d'Olonne largou

Antonio Alonso

04/07/2020 22h03

A regata  Vendée-Arctique-Les Sables d'Olonne teve início neste sábado (4) com 20 barcos da IMOCA 60.

A largada ocorreu no período da tarde em Les Sables d'Olonne com  15 a 17 nós soprando.

Os velejadores farão um percurso triangular pelos mares da Europa, passando por Islândia e os Açores.

A Vendée-Arctique-Les Sables d'Olonne tem 3.600 milhas.

A competição em solitário serve de aquecimento e qualificação para a Vendée Globe 2020, que larga em novembro.

Esta por sinal é a Volta ao Mundo sem escalas e sem assistência!

Link do vídeo  — https://youtu.be/F3A1ycJBLCc

Vinte e um barcos haviam sido inscritos inicialmente para a regata, mas o francês Alain Roura, do La Fabrique, permaneceu em terra para nascimento do filho.

Outro ausente é Alex Thomson, da Grã-Bretanha, no HUGO BOSS, que optou por não participar deste percurso.

Para acompanhar a posição real dos barcos clique no link ao lado — https://www.imoca.org/fr/courses/imoca-globe-series/vendee-arctique-les-sables-d-olonne

A regata conta com ídolos da vela francesa como  Armel Tripon (L'Occitane en Provence) e Jérémie Beyou (Charal).

Ambos tiveram melhor início de largada no Golfo de Biscaya.

Atual campeão da Transat Jacques Vabre na classe IMOCA, Charlie Dalin largou com seu Apivia.

Assim como Kevin Escoffier a bordo do PRB.

O alemão Boris Herrmann (Seaexplorer-Yacht Club de Monaco) e a britânica Sam Davies  (Initiative-Coeur) estão na disputa pelo título.

Além da Transat Jacques Vabre e da Vendée Globe, os IMOCAs serão usados na The Ocean Race 2021-22.

Por Flávio Perez

Départ Les Sables d'Olonne 04/07/20

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas