PUBLICIDADE
Topo

Vendée Globe confirmada

Antonio Alonso

15/06/2020 18h01

A organização da Vendée Globe confirmou a realização da nona edição da volta ao mundo em solitário, sem assistência e sem escalas.

A regata terá início em 8 de novembro, na França, com 35 barcos previstos.

Os barcos da prova são os IMOCAs 60, que serão usados também na The Ocean Race e na Transat Jacques Vabre.

Os franceses estavam aguardando o avanço da pandemia da COVID-19 para definir a Vendée Globe 2020-2021.

A prova de qualificação, marcada para julho, também foi confirmada.

"A regata ocorrerá e parece altamente provável que seja uma das mais impressionantes da história da vela oceânica mundial", disse Yves Auvinet, Presidente da SAEM Vendée.

"Prometemos esclarecer a situação da frota da Vendée Globe, parceiros e outros órgãos antes de 15 de junho, e isso já foi feito. Estamos orgulhosos de poder manter este evento esportivo e o início da nona edição no dia 8 de novembro".

Atualmente, 18 skippers completaram seu registro. Os outros 17 ainda precisam percorrer um percurso solo de 3.000 milhas ou competir a regata de qualificação citada acima!

Os nomes confirmados são:

Fabrice Amedeo (Newrest – Arts & Fenêtres)
Romain Attanasio (Pure – Best Western)
Alexia Barrier (4myPlanet)
Yannick Bestaven (Maître CoQ IV)
Jérémie Beyou (Charal)
Arnaud Boissières (La Mie Câline – Artisans Artipôle)
Manuel Cousin (Groupe Sétin)
Clarisse Crémer (Banque Populaire X)
Charlie Dalin (Apivia)
Samantha Davies (GBR, Iniciativas-Cœur)
Benjamin Dutreux (Família da Água – Oceania Hôtels
Kevin Escoffier (PRB)
Boris Herrmann ( ALL, Seaexplorer – Iate Clube de Mônaco)
Jean le Cam
Stéphane le Diraison
Miranda Merron (GBR, Campagne de France)
Giancarlo Pedote (ITA, Grupo Prysmian)
Alan Roura (SUI, La Fabrique).

A Vendée Globe provavelmente receberá seis mulheres desta vez, o que representa 17% da frota, 12 capitães de fora da França (34%), 17 que já participaram e 18 barcos com hidrofoiles.

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas