PUBLICIDADE
Topo

Inaê

Antonio Alonso

11/03/2020 20h31

Tradicional equipe de vela oceânica do País, o Inaê Transbrasa Sailing Team divulgou seu primeiro comunicado do ano!

A nota aponta que a tripulação de Santos (SP) vai entrar pra brigar pelos títulos da temporada 2020 de oceano.

A começar pela Copa Suzuki, que começa agora no sábado (14) em Ilhabela (SP).

O barco escolhido por Bayard Neto é o tradicional Beneteau 40.7 fabricado em 1999 e modernizado para disputar o topo do pódio da categoria.

A competição é considerada um "esquenta" da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, principal evento de vela oceânica da América do Sul.

"Nosso barco foi preparado intensamente para a temporada 2020, que está começando para a equipe com as regatas da Copa Suzuki", apontou o comandante Bayard Neto.

"Fizemos pequenas alterações para corrermos na regra IRC, o que resultou em melhoria para correção de tempo das regatas. Além disso, fizemos manutenção de modo a termos o barco totalmente funcional".

Em fase de grande crescimento no Brasil e no mundo, a classe IRC vem se mostrando uma das mais competitivas, atraindo veleiros de diversos modelos e tamanhos. Por isso, o Inaê Transbrasa Sailing Team aposta também no entrosamento da equipe.

A tripulação se preparou em Santos (SP) para a Copa Suzuki e outras regatas de vela oceânica da temporada 2020, incluindo a Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

Acesse o Instagram do veleiro Inaê  para saber mais dos caras — https://www.instagram.com/veleiroinae/

 

Foto: Aline Bassi

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas