PUBLICIDADE
Topo

A influência feminina na náutica, por Veleiro Guruça

Antonio Alonso

08/03/2020 19h04

8 de março, Dia Internacional das Mulheres!

Cada vez mais vemos velejadoras competindo em regatas pelo mundo e pelo Brasil, mas ainda os homens dominam.

Os incentivos com regras e classes 100% femininas estão ajudando a trazer as mulheres pra água.

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela e o Veleiro Guruça fizeram posts interessantes com o texto abaixo

A influência feminina na náutica: ⁣

Stephanie Kwolek (Kevlar)- a química americana foi responsável por criar uma família de fibras sintéticas ultra resistentes, porém maleáveis. A tecnologia batizada como "Kevlar" é aplicado em aviões, pneus, acessórios esportivos (capacetes, raquetes, remos), colete à prova de bala etc…⁣
Na náutica, é utilizado tanto na construção de barcos como em velas de veleiros. ⁣



Tabitha Babbitt- ( serra circular) está americana é creditada por inventar a primeira serra circular que permite cortar a madeira muito mais rápido do que no método da época. ⁣
Como vamos construir um novo catamarã a invenção da Tabitha é de grande ajuda! ⁣

Maria Beasley (bote salva vidas) criou um bote salva vidas mais resistente ao fogo e compacto. Até então, o bote era basicamente uma tábua de madeira. ⁣ Seu bote salva vidas impediu centenas de mortes em um dos acidentes de navio mais trágico da história, o naufrágio do Titanic. ⁣

Marta Coston ( sinalizador noturno) após ficar viúva, encontrou projetos do marido e se dedicou dez anos de trabalho ao lado de químicos e especialistas em pirotecnia para tornar os planos em realidade. A patente do produto foi creditada ao marido em 1859. ⁣
Antes disso, a comunicação entre navios baseava-se apenas em bandeiras coloridas, lanternas e até gritos. ⁣

Hedy Lamarr (Comunicação sem fio)- além de atriz norte americana, ela inventou o "salto de frequências" impedindo que rádios militares fossem grampeados. Ao enviar sua patente para marinha americana, eles a arquivaram.⁣

Porém, começaram a desenvolver tecnologias baseadas no seu projeto sem dar os devidos créditos. ⁣

Felizmente no ano 2000, pouco antes de sua morte, um pesquisador revelou ao mundo a patente original. ⁣

Graças a criação de Lamarr, muitas tecnologias hoje foram possíveis como Wi-Fi, Bluetooth e GPS.



Laura Dekker, holandesa é a mais jovem velejadora a completar uma volta ao mundo em solitário. ⁣


Jeane Sócrates, britânica de 77 anos deteve o título da pessoa mais velha a completar uma volta ao mundo em solitário. ⁣

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas