Topo
Sobre as Águas

Sobre as Águas

Itajaí se candidata a receber mais uma Ocean Race

Antonio Alonso

2009-04-20T19:17:40

09/04/2019 17h40

A cidade de Itajaí sediou por três vezes a Volvo Ocean Race, regata que agora se chama Ocean Race.

A ideia dos catarinenses é receber os barcos em 2022, na reta final do evento.

A competição larga em outubro de 2021 de Alicante, na Espanha.

Em entrevista ao DIARINHO, Evandro Neiva, secretário de turismo e organizador da stopover, garantiu que fará os esforços necessários para sediar o evento de vela oceânica.

"Fico feliz de estarmos concorrendo novamente para a próxima edição. Estamos nas tratativas comerciais, fazendo reuniões, e esperamos que a competição continue na nossa cidade".

Os adversários de Itajaí são São Sebastião e Salvador!

VelaShow

Agora, Itajaí recebe o VelaShow no feriado de Páscoa.

O evento já tem 40 expositores confirmados, incluindo fabricante de velas de regata, estaleiros e empresas do segmento de turismo, além de trazer na sua programação três regatas: a Optimist, Ibis Rubra (ambas no dia 19 de abril) e a VelaShow (20 de abril).

"Sediar essa primeira edição do VelaShow mostra que Itajaí conseguiu transmitir a imagem que queria, embora seja uma cidade de médio porte, ela conseguiu por meio da Volvo Ocean Race mostrar que é uma cidade que tem capacidade logística, técnica, e que ela tem uma capacidade de absorver eventos corporativos e eventos esportivos", disse Evandro Neiva.

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.