Topo

Colocando um barco gigante na água

Antonio Alonso

23/03/2019 12h52

Duas semanas depois de ter lançado seu novo trimarã para os principais desafios da temporada, o francês Thomas Coville colocou o multicasco na água.

O barco voador foi projetado e construído para dar a volta ao mundo em solitário.

O Ultim3 tem 31 metros de comprimento e 21 de largura e o processo de colocar o barco na água envolveu vários profissionais, inclusive Coville.

Só o mastro tem 35 metros.

O trimarã foi construído na Multiplast, em Vannes, na França.

Sodedo Ultim' em números:

Comprimento: 31 m
Largura: 21,20 m
Altura do mastro: 35 m
Corda do mastro: 1,20 m
Velas de superfície máx. contra-vento: 444 m²
Vistas de área máxima até o solo: 663 m²

Veja o processo

Thomas Coville é o atual campeão da Transat Jacques Vabre na categoria dos Ultim'.

Em 2017, o Sodebo (antigo multicasco dele) cruzou a linha de chegada em primeiro lugar em Salvador, na Bahia.

 

 

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas