Topo
Sobre as Águas

Sobre as Águas

Ação ambiental

Antonio Alonso

24/07/2018 13h34

O Yacht Club de Ilhabela e a Semana de Vela de Ilhabela promoveram uma ação ambiental para retirar o lixo da água.

Seguindo o modelo de Itajaí com a Volvo Ocean Race, a turma do SVI arregaçou as mangas e colocou barcos e a lancha do diretor de meio ambiente Júlio Cardoso na atividade.

O objetivo foi gerar mais conscientização para a necessidade de preservação ambiental, em especial o ambiente marinho, uma das bandeiras levantadas pelo Yacht Club de Ilhabela.

Por conta própria, Júlio Cardoso vem fazendo o trabalho de retirada do lixo no mar há algum tempo, e conta que já encontrou desde garrafas plásticas até televisores.

Os balões solares, aqueles pretos e feitos de plástico, são bem comuns.

"Esses balões são um perigo para a aviação, podem prender-se nas hélices de aviões e helicópteros e gerar pane. E também são péssimos para o ambiente marítimo. Além de enroscar também nas hélices do barco, acabam na barriga das baleias e outros animais", aponta Júlio Cardoso.

"Nós navegaremos até a Ponta da Sela ou um pouco mais além, para esta ação de retirada de lixo boiando no mar. Quem tiver barco, bote, jet ski, prancha de surf ou de stand-up paddle e quiser participar será muito bem-vindo."

 

O 'Meu Copo Eco' tem um estande por lá!

100% dos copos são reutilizáveis, contribuindo para o consumo consciente e possibilitando a redução de até 80% dos resíduos gerados.

 

 

 

 

 

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.