PUBLICIDADE
Topo

Sobre as Águas

Brasileiros disputam Mundial de ORC na Itália

Antonio Alonso

24/06/2022 03h54

O Campeonato Mundial de ORC começa neste sábado (25) no Yacht Club Costa Smeralda, na Itália.

O Brasil não terá nenhuma equipe nas águas da Sardenha, porém quatro velejadores confirmaram presença.

O argentino From Now On, um Swan 45, terá o finalista olímpico Samuel Albrecht e Alexandre da Rosa.

O veleiro uruguaio Lady (Dufor 40) conta com Luciano Secchin e o proeiro Alfredo Rovere, que também faz parte do SSL Team Brasil na Gold Cup.

A competição tem ao menos 70 barcos e as regatas ocorrem até o próximo dia 30.

"Sexta-feira será oferecido uma palestra com a meteorologia e explicando o percurso. Isto é uma iniciativa bem mais racional e praticamente um padrão nos eventos no exterior".

"No Brasil, cada time contrata a sua própria previsão de tempo, aumentando os custos e desnivelando as equipes. O pior… aqui o percurso só é revelado instantes antes da largada, não possibilitando a preparação adequada dos barcos", escreveu Ricardo Lobato, juiz internacional e consultor de regatas.

O evento na Itália estava marcado para 2021, mas foi cancelado devido ao Covid.

Este ano a Orc Sailing e a RORCrating não chegaram num acordo e pela primeira vez desde 2018, não teremos um campeonato mundial combinando os dois sistemas de medição mais usados para barcos de cruzeiro.

Os barcos correm em três divisões baseados no seu CDL (índice que representa o desempenho do barco no contravento).

"São percursos diferentes e sem aquela confusão toda na largada. O Swan 45 vai competir na Classe A enquanto o Dufor 40 vai na classe C", concluiu Lobato.

O primeiro Mundial ORC/IRC combinado foi realizado em 2018 em Haia, Holanda, e atraiu 85 barcos de 15 nações.

Foto: Studio Borlenghi

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

Blog Sobre as Águas