Topo
Sobre as Águas

Sobre as Águas

Pressionado por adversários, Caiçara vence Classe C30 em Ilhabela

Antonio Alonso

18/06/2018 16h24

Disputa palmo a palmo na Classe C30 em Ilhabela (Aline Bassi / Balaio de Ideias)


A Classe C30 garantiu a adrenalina no fim de semana (16 e 17/6) frio e chuvoso em Ilhabela, nas regatas da Copa Suzuki de Vela Oceânica. A segunda etapa, chamada de Warm Up para a Semana de Vela (20 a 28/7), terminou com duas vitórias do Caiçara UV.Line. O barco líder da competição venceu as provas, de percurso no sábado e barla-sota no domingo, sempre pressionado por eCycle+Realizado e Caballo Loco.

Comandada por Marcos de Oliveira Cesar, a tripulação do Caiçara viveu dois dias de superação em Ilhabela. Sábado, o barco resvalou em uma pedra submersa e teve a quilha danificada. Domingo, sem tempo para reparar o dano, a equipe Caiçara UV.Line ainda teve de pagar duas penalidades de 360 graus e mesmo assim cruzou a linha de chegada meio barco à frente do +Realizado.

"O barco velejou machucado na regata de sábado e conseguimos nos manter à frente apesar do acidente. Tivemos rajadas de sul com mais de 20 nós. Domingo, o vento diminuiu de intensidade, com o sueste não passando de 12 nós. Primeiro, segundo e terceiro colocados andaram juntos o tempo todo. Comemoramos muito porque foi uma regata de superação para chegarmos à vitória", enalteceu Marcos Cesar.

O principal rival do Caiçara, no fim de semana decisivo, eCycle+Realizado, mostrou progresso durante o Warm Up. "Foram dois dias sensacionais, apesar do frio e da chuva, com regatas muito equilibradas. O barco evoluiu como esperávamos. Cumprimos o objetivo e partiremos para cima na Semana de Vela de Ilhabela", projetou o trimmer (responsável pela regulagem das velas) do +Realizado, Ricardo Apud.

A segunda etapa da Copa Suzuki alimentou a expectativa dos velejadores para a Semana de Vela de Ilhabela que, para a Classe C30, será simultânea ao Campeonato Brasileiro. "Na regata de sábado optamos por fugir do carrossel de barcos, o que nos tirou do baixio. Ao longo do percurso os ventos foram aumentando o que tornou a prova mais divertida. Subimos o Canal de São Sebastião com velocidade de 18 nós. Domingo, tivemos altos e baixos. Largamos bem, andamos bem de popa e conseguimos recuperar as posições perdidas devido às penalidades. Agora é foco total na Semana de Vela e no Brasileiro de C30", afirmou o proeiro do Caiçara, Gabriel De Capitani.

Com cinco vitórias em sete regatas, Caiçara ganhou a etapa e permanece na liderança da Copa Suzuki com sete pontos perdidos, considerando-se um descarte. Caballo Loco e +Realizado vêm a seguir com 13 pontos, mas com vantagem do Caballo Loco por ter obtido duas vitórias. O quarto colocado na classificação geral é o Kaikias, seguido por Barracuda.

Calendário 2018 da Classe C30

20 a 28 de julho

45ª. SEMANA DE VELA DE ILHABELA

e CAMPEONATO BRASILEIRO

25 e 26 de agosto / 1 e 2 de setembro

XVIII CIRCUITO ILHABELA
Copa Suzuki – 3ª Etapa

24 e 25 de novembro / 1º e 2 de dezembro

XVIII CIRCUITO ILHABELA
Copa Suzuki – 4ª Etapa e
XVII Regata Volta à Ilhabela

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.