Topo
Sobre as Águas

Sobre as Águas

Dia com três líderes e um barco invisível na Volvo Ocean Race

Antonio Alonso

23/02/2018 19h38

Leg 6 to Auckland, day 17 on board Turn the Tide on Plastic. Lucas Chapman and his shadow. 22 February, 2018.

A disputa da sexta etapa da Volvo Ocean Race 2017-18, percurso entre Hong Kong e Auckland (Nova Zelândia), entra na sua reta final com duelo equilibrado entre quatro barcos.

Nesta sexta-feira (23), três barcos sentiram o gostinho da liderança por horas. O Turn the Tide On Plástic abriu o dia na frente, sendo ultrapassado nas primeiras horas da manhã pelo team AkzoNobel, da brasileira Martine Grael. No primeiro relatório da tarde de sexta, o Sun Hung Kai / Scallywag retomou a ponta.

"Vamos para o sul o mais rápido possível", contou John Fisher, leme no Scallywag.

O Team Brunel, que está entre os líderes, entrou em modo invisível e ficará fora do radar por 24 horas. Essa opção pode ser usada apenas uma vez por perna. O objetivo na maioria das vezes é adotar uma manobra tática e colocar dúvida na cabeça dos adversários.

A previsão de chegada em Auckland está entre terça-feira (27) e quarta-feira (28). A sexta etapa da Volvo Ocean Race está em seu 17º dia.

Leg 6 to Auckland, day 17 on board AkzoNobel, A happy Martine Grael , 23 February, 2018.

"Estamos numa boa posição, mas ainda há um longo caminho a percorrer!", disse Cécile Laguette, do team AkzoNobel.

Mais atrás na regata, mas ainda com chances, o MAPFRE espera recuperar terreno e ampliar a liderança na classificação geral.

"Estamos saindo dos Doldrums e os ventos de leste estão entrando", disse o navegador do MAPFRE, Juan Vila. "Nós temos períodos de 10 nós de vento, alternando com ventos ligeiramente mais fracos de cinco a seis nós. Esperamos que sejam mais consistentes nas próximas horas e amanhã já teremos cerca de 10 a 15 nós de vento".

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.