Sobre as Águas

Classe C30 corre Regata Volta à Ilha em homenagem a Peter Blake

Antonio Alonso

23/11/2017 13h25

Duelo na C30 entre o líder Caiçara e Barracuda, em Ilhabela (Edu Grigaitis / Balaio de Ideias)

A tradicional Regata Volta à Ilha abre neste sábado (25) a quarta e última etapa da Copa Suzuki – Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, que neste ano conclui a décima sétima edição. Com cerca de 40 milhas (70 km), a prova em homenagem ao neozelandês Sir Peter Blake, bicampeão da America’s Cup é a mais desafiadora da temporada e exige, por segurança, preparação específica dos tripulantes em relação aos equipamentos do barco e provimentos de bordo.

A etapa decisiva de 2017 começa pela Volta à Ilha, segue no dia seguinte, domingo (26) e será definida no outro fim de semana, 2 e 3 de dezembro. Apesar do equilíbrio entre embarcações da classe, o Caiçara está próximo de conquistar o tricampeonato na competitiva C30. “A expectativa da tripulação é de manter os bons resultados, como nas etapas anteriores, mas sabemos que nossos adversários não irão facilitar. Eles querem nos vencer”, afirma o comandante do Caiçara, Marcos de Oliveira Cesar.

O Caiçara faz uma temporada regular. Venceu neste ano a Semana de Vela de Ilhabela e já obteve 14 vitórias em 26 regatas na Copa Suzuki. Marcos Cesar espera novamente duelos acirrados na Volta à Ilha. “No ano passado essa regata foi impressionante. Depois de quase 40 milhas, os dois primeiros barcos chegaram praticamente juntos, em um final dramático”, recordou o timoneiro do Caiçara.

A regata Volta à Ilha de 2016 teve vitória apertada do Caiçara na classe C30 com 6h49m35, apenas 11 segundos à frente do Caballo Loco, comandado por Mauro Dottori. A regata foi peculiar, com momentos de calmaria até rajadas de 30 nós (55 km/h). Para este sábado a previsão é de vento sueste de 8 a 10 nós, com tempo aberto e temperatura entre 21 e 25°C. O recorde da prova pertence ao Montecristo com 6h05m12, em 2014.

Enigma rumo à chegada – Atento à previsão dos ventos, o trimmer (responsável pelas velas) do eCycle +Realizado, Ricardo Apud espera uma regata rápida, novamente. “Durante a Volta à Ilha deve entrar um leste de médio para forte. O ponto que costuma definir a regata é a Ponta do Boi, ao sul. A charada é seguir mais rente ou mais por fora da ilha em direção à chegada, na Ponta da Sela, no retorno ao Canal de São Sebastião”, indaga Apud.

A flotilha paulista da classe C30 conta ainda com as embarcações: Barracuda (Humberto Diniz), eCycle +Realizado (José Luis Apud) e Kaikias, tripulado por representantes da Marinha do Brasil. Além da C30, a quarta e última etapa da Copa Suzuki contará com as classes: HPE 25, RGS, IRC e Bico de Proa. O Yacht Club Ilhabela deverá receber mais de 30 barcos nas regatas decisivas.

Classificação parcial da C30 na Copa Suzuki (26 regatas e 4 descartes)

1 – Caiçara (Marcos de Oliveira Cesar): 27 pontos perdidos
2 – Caballo Loco (Mauro Dottori): 36 pp
3 – eCycle +Realizado (José Luiz Apud): 56 pp
4 – Barracuda (Humberto Diniz): 71 pp
5 – Katana Portobello (Cesar Gomes Neto): 92 pp
6 – Kaikias (Renata Dcnop): 100 pp

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Topo