Sobre as Águas

Caiçara é campeão da classe C30 em Ilhabela

Antonio Alonso

16/07/2017 14h21

Caballo Loco, Caiçara e Katana brigam no vento em popa (Marcos Méndez / SailStation)

A conquista do Caiçara em Ilhabela é exemplo do mérito adquirido por meio do esforço. A tripulação que mais treinou no último ano chegou ao degrau mais alto do pódio no principal evento de oceano do continente, a Semana de Vela de Ilhabela, encerrada neste sábado (15). Foram quatro vitórias em dez regatas, além da regularidade de ter como pior resultado no campeonato, o terceiro lugar.

Sempre equilibrada, a classe C30 proporcionou momentos de emoção, com regatas que exigiram máxima habilidade das tripulações, tanto no percurso dos dois primeiros dias com vento sul, quanto nas provas finais com o tradicional vento leste soprando entre 8 e 15 nós, intensidade considerada ideal. O Caiçara do comandante Marcos de Oliveira Cesar, superou o representante catarinense Katana Portobello, vice-campeão, e o Caballo Loco, de Ubatuba, terceiro colocado.

“Vínhamos buscando esse título há três anos. Fizemos o possível em relação a treinos e investimento, mas o fator principal foi a dedicação da equipe, que resultou na vitória”, considerou Marcos Cesar. “Neste ano as regatas foram muito mais brigadas, adrenalina o tempo todo com várias disputas barco contra barco”, acrescentou o comandante campeão.

A competitividade e a união da classe C30, mais uma vez foram constatadas na raia com cada barco brigando pela vitória dentro do respeito recomendado pelo fair play. “Com a experiência das tripulações e a igualdade entre os barcos, quem monta a primeira boia na frente acaba vencendo a regata, Caballo, Katana e Caiçara estiveram sempre próximos e o +Realizado evoluiu muito, o que fortalece a classe”, disse o comandante do Caballo Loco, Mauro Dottori.

Campeão brasileiro – O Katana Portobello levou para Florianópolis o título de Campeão Brasileiro de C30, competição disputada paralelamente à Semana de Vela até sexta-feira (14). O Katana já havia vencido a primeira etapa do Brasileiro em fevereiro, em Santa Catarina e consolidou a conquista em Ilhabela. Caballo Loco ficou com o vice-campeonato e o Caiçara conquistou as medalhas de bronze.

O comandante catarinense, Cesar Gomes Neto, dedicou a vitória ao tripulante acidentado no penúltimo dia da competição. “Thiago Fett teve um papel fundamental, não apenas nas funções a bordo, mas também para incentivar a tripulação. Ele fez falta nas regatas decisivas. Ficamos chateados, mas isso não serve como desculpa. Os barcos estão excepcionais e o Caiçara velejou muito bem”, elogiou Gomes. O tripulante Fett quebrou o dedo no impacto provocado por uma das manobras e desfalcou a equipe no última dia da Semana de Vela de Ilhabela.

Classificação da C30 após dez regatas (um descarte)

1 – Caiçara (Marcos Cesar): 1+(3)+1+1+3+2+2+2+1+2 = 15 pontos perdidos

2 – Katana Portobello (Cesar Gomes Neto): 4+1+4+2+2+1+1+(7)+2+3 = 20 pp

3 – Caballo Loco (Mauro Dottori): 3+2+2+4+1+4+(6)+1+3+1 = 21 pp

4 – eCycle +Realizado (José Luiz Apud): 2+(4)+3+3+4+3+3+3+4+4 = 29 pp

5 – Kaikias C-Tank (Rafael Pariz): 6+5+5+5+5+5+4+4+5+(7) = 46 pp

6 – Barracuda (Humberto Diniz): 5+(6)+6+6+6+6+5+5+(7)+7 = 50 pp

Sobre o Autor

Antonio Alonso Jr é capitão amador e cobre esporte há 15 anos, com passagens pela Folha de S.Paulo e por um UOL ainda em seus primeiros anos de vida. Jornalista e formado também em Esporte teve a excêntrica ideia de se dedicar à cobertura náutica, com enfoque para a Vela. Depois de oito anos na principal revista especializada do país, estreia seu blog em novo endereço no UOL.

Sobre o Blog

A vela é o exemplo claro de que o sucesso de um esporte não se mede em medalhas. Ela foi o esporte que mais medalhas Olímpicas deu ao Brasil. Ainda assim, é um esporte desconhecido, com enorme dificuldade de atrair público e restrito a guetos idílicos. Este blog não está interessado em resolver esse problema, mas em trazer mais para perto esse esporte excêntrico, complicado talvez, mas cheio de matizes empolgantes e que coloca atletas e meio-ambiente numa simbiose singular no mundo esportivo. Bem-vindo a bordo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Blog Sobre as Águas
Topo